As máquinas de cartão são poderosas aliadas tanto para o consumidor quanto para o vendedor ou prestador de serviços.

É através dela que o vendedor tem a garantia que receberá o valor pago pelo seu produto ou serviço.

Para o consumidor, ela ajuda na hora da compra, pois permite que se parcele valores que seriam inacessíveis para pagamento à vista.

Fizemos este artigo especialmente para os vendedores que estão em dúvida de qual máquina de cartão escolher. Confira!

1.  Máquina de cartão: verifique as taxas

Talvez a principal preocupação e dúvida de quem irá solicitar uma máquina de cartão seja as taxas que as operadoras cobram em cada operação.

É compreensível essa preocupação, pois ela impacta diretamente no faturamento da empresa.

Conhecer essas taxas antes da contratação da máquina de cartão é necessário para que se escolha a opção mais barata, mas que mantenha a qualidade dos serviços.

2.  Máquina de cartão: analise as bandeiras aceitas

As máquinas de cartão aceitam diversas bandeiras, mas é necessário que se conheça as bandeiras que são aceitas pelo modelo que o cliente tenha se interessado.

Isso porque, ela pode não aceitar uma bandeira que é muito utilizada pelo seu público. Geralmente, as maiores empresas que oferecem máquina de cartão no Brasil aceitam as principais bandeiras do mercado.

Mas a pesquisa é altamente recomendada para que não haja surpresas.

3.  Máquina de cartão: entenda a necessidade de seu negócio

Um outro ponto a ser analisado é a necessidade do negócio. Se uma empresa vende mais em compras parceladas, é interessante que a escolha seja por uma máquina que favoreça, através das taxas de juros e prazos de recebimento, este tipo de operação.

Conversar com um representante da máquina de cartão e expor sua situação pode garantir uma máquina perfeita para sua necessidade.

Você gostou das nossas dicas para decidir qual máquina de cartão escolher?