SandFlea é um robô que pode pular quase 10 metros de altura

SandFlea é um robô que pode pular quase 10 metros de altura

Esse é mais um robô da empresa de robótica Boston Dynamics, eles estão construindo algumas das criaturas robóticas mais incríveis que eu já vi na vida. O projeto mais recente é o SandFlea Robot, um robô que parece bem simples, mas que pode surpreender qualquer um com uma habilidade que o permite pular cerca de 10 metros de altura.

Robô Sand Flea

O robô possui o tamanho e uma forma de um carrinho de controle remoto e pesa apenas 5 KG, a diferença é que com apenas um clique ele é capaz de dar um belo salto – apesar de ser bastante lento quando comparado a um carrinho de controle remoto. O robô também possui um sistema de vídeo on-board que pode retransmitir imagens para o usuário. Conforme mostrado no vídeo abaixo, o bicho pode usar esta habilidade para rapidamente pular em cima de algum telhado de um edifício ou no topo de uma colina. Basta parar o robô e mirar no alvo que em cerca de segundos ele estará pronto para o salto.

O SandFlea está sendo desenvolvido pela Boston Dynamics para a o Exército dos EUA, onde ele provavelmente será usado para missões de reconhecimento e vigilância. A empresa não divulgou se vai disponibilizar o robô para o público, caso isso aconteça, vai ser só mais um acessório perfeito para stalkers.

Um robô aracnídeo – O melhor brinquedo em forma de robô que eu já vi

Um robô aracnídeo – O melhor brinquedo em forma de robô que eu já vi

Robô Jaimie MantzelQuando eu era criança vivia comprando brinquedos e na maioria das vezes fica desapontado quando abria a caixa e via que não era nada daquilo que o comercial dizia ser. Afinal, quem aqui nunca abriu um brinquedo e se sentiu enganado quando viu que era a coisa mais sem graça do mundo?

Felizmente, muitas crianças poderão desfrutar de um brinquedo realmente sensacional muito em breve. Ele ainda não possui nome, mas está sendo desenvolvido com muito cuidado por um engenheiro americano chamado Jaimie Mantzel. Ele inclusive já possui uma empresa que vai produzir o robô e ele chama o seu protótipo de “o melhor brinquedo do universo”.

O robô parece uma aranha e possui 6 pernas, ele é controlado por um controle remoto que permite que você atire. Acontece que estão sendo produzidas duas versões diferentes, sendo uma atira que bolas de ping pong enquanto outra atira discos que possuem um alcance ainda maior.

Assista o vídeo abaixo para ver com maiores detalhes este robô.

Tudo isso já é muito legal, mas o que realmente deixa tudo mais dinâmico é a armadura que voa do “robô-aracnídeo” quando recebe um tiro. Além disso, você poderá escolher várias cores para o seu robô e deixá-lo customizado de acordo com o seu gosto.

Se você viu o vídeo até o final, já deve saber que ele não possui um nome e que o criador vai dar um totalmente de graça para quem criar um nome legal. Para isso, basta acessar o seu canal no Youtube e comentar uma sugestão para o nome.

Isso certamente vai mudar a infância de muita gente, agora lutas de robô poderão se tornar realidade nas escolas – da mesma forma que víamos em desenhos. Algumas vezes, vendo alguns brinquedos tão bacanas, sinto uma certa inveja de quem vai nascer daqui algum tempo e ter uma infância com tanto brinquedo bacana.

Brasil é tricampeão mundial em campeonato de luta de robôs

Brasil Campeão Mundial liga de RobôDurante o mundial de combate de robôs que aconteceu nesse domingo nos Estados Unidos, o Brasil conseguiu ser o primeiro lugar em três categorias de quatro, enquanto a torcida brasileira como de praxe, foi a mais animada do campeonato. A nossa terra tupiniquim foi representada pelos alunos da PUC-Rio, que foram coordenados pelo professor Marco Antonio Meggiolaro.

A liga disputada foi a Combots, ela segue as mesmas regras que os esportes de luta tradicionais. Mas a luta dura apenas três minutos e acaba quando um robô é jogado para fora da arena ou para de funcionar. Se o tempo acabar e os dois robôs ainda estiverem funcionando, é feita uma avaliação por pontos pelos juízes, que levam em consideração o dano e a agressividade das máquinas, comandadas por controle remoto.

“Tivemos uma participação maravilhosa este ano, o que inclui uma dobradinha, onde teríamos uma luta entre dois de nossos robôs”, diz Meggiolaro. “Acabamos abrindo mão da luta e dando vitória para um dos robôs para poupar a máquina”, conta.

Essa competição, que faz parte da Robogames, é considerada um dos níveis mais alto de lutas de robô, e o Brasil tem conseguido ótimos resultados desde 2007, que foi o primeiro ano que participou. A equipe agora se prepara para próxima competição da Robogames, em Tóquio, no ano que vem.

Enquanto eu escrevia esas matéria não pude deixar de lembrar do filme Gigante de Aços, no qual retrata um mundo ficticio que tem a luta entre robôs como um esporte muito popular, que inclusive extinguiu a luta entre humanos. Obviamente as lutas do Combots não são tão empolgantes quanto a do trailer que você pode ver acima, mas o filme se passa em 2060, será que em 2060 as coisas serão assim? Seria magnifico, não? Pena que nessa época eu, você e várias outras pessoas estarão bem velhas ou não poderão viver essa emoção. Pra quem não viu o filme, fica a dica, ele é excelente pra quem gosta de tecnologia, e fiquem atentos, porque é cheio de propagandas embutidas como da HP, Bing e outro.

Esse post foi uma dica do rabugento Rodrigo Fante, valeu rabu!

Via: Terra

Prótese de braço mecânico pode ser controlado pela mente

Prótese de braço mecânico pode ser controlado pela mente

Braço controlado pelo pensamento

Você se lembra de quando Anakim perdeu um braço em Star Wars e depois substituíram seu braço por mecânico? Talvez, dentro de alguns anos, isso deixe de ser ficção científica. Acontece que graças ao trabalho de alguns pesquisadores, já existe o protótipo da prótese de um braço que é controlada pelo pensamento.

Essa prótese é o resultado de uma colaboração entre a Universidade de Pittsburgh e da Universidade Johns Hopkins. O braço tem a capacidade de detectar com precisão a vibração, temperatura, contato com objetos e grau de pressão. Ele também tem a capacidade de fazer até 27 tipos de movimentos diferentes. Sem dúvida ele pode ser um acessório que pode mudar a vida de algum deficiente.

Mas a maior habilidade do braço é sua capacidade de ser controlado pelo pensamento, esse tipo de acessório pode de fato substituir membros humanos por membros mecânicos. Você pode ver o protótipo em ação no vídeo abaixo.

Sim, esse é o segundo post do dia falando sobre próteses, que coisa não? Primeiro foi a prótese do homem que transformou seu braço em um dock para smartphone.

Via: Talking Points Memo

Pioneiro da inteligência artificial, John McCarthy, morre aos 84 anos

Pioneiro da inteligência artificial, John McCarthy, morre aos 84 anos

John McCarthy criador da linguagem de programação LispParece que esse ano em especial vários gênios da tecnologia estão partindo dessa pra melhor, primeiro foi Steve Jobs, depois Dennis Ritchie e agora John McCarthy, o inventor da linguagem de programação Lisp e o homem que cunhou o termo “inteligência artificial”, morreu aos 84 anos de idade.

Nascido em 1927, McCarthy era PhD em matemática e professor de longa data na Universidade de Stanford e no Massachusetts Institute of Technology (MIT). Ele foi o primeiro a usar a “inteligência artificial” em uma conferência no Dartmouth College em 1956 e é um dos fundadores do área de pesquisa de inteligência artificial.

Sua linguagem de programação, Lisp, juntamente com seus dialetos, muitas vezes eram escolhidas para desenvolverem a inteligência artificial de vários aplicativos e robôs.

McCarthy também foi um dos primeiros a propor a venda de “energia da computação” através de um modelo de negócio em 1961, uma idéia que foi abandonada na década de 1990, mas voltou com toda a força na década de 2000 com o uso crescente de redes e computação na nuvem. A diferença é que não usavam esse termo na época, mas isso prova que o homem era inteligente o suficiente pra ter uma visão de nuvem 50 anos atrás.

O Lisp é uma das linguagens de programação mais antigas que ainda são usadas para o desenvolvimento da Inteligência Artificial. Sua primeira versão foi publicada em 1958, apenas um ano após a chegada do Fortran. A primeira fez que o Lisp foi usado foi durante uma partida de xadrez entre seres humanos e softwares.

Por suas contribuições para o campo da inteligência artificial, McCarthy recebeu o prêmio Turing da Association for Computing Machinery, em 1971. Rest in Piece, McCarthy!

Rotundus GroundBot é um excelente robô com sensores para ajudar na vigilância

Rotundus GroundBot é um excelente robô com sensores para ajudar na vigilância

Robô de vigilância

Essa esfera de 60 centímetros de policarbonato é a mais recente tecnologia de vigilância da empresa sueca Rotundus. O GroundBot é controlado por controle remoto e pode ser capaz de andar na lama, neve e areia, além de fornecer uma transmissão ao vivo através de um par de câmeras, enquanto seu operador vê a imagem em 3D em uma tela.

O GroundBot funciona de uma maneira bem diferente, ele possui um pêndulo colocado dentro de uma esfera oca, que balança para fora e dentro do seu eixo, empurrando o robô na direção desejada. Um conjunto de acelerômetros, giroscópios, GPS e um magnetômetro mantém o GroundBot na pista enquanto ele rola em uma velocidade de até 10 km/h. Mas ele não é apenas uma câmera que se move movimento, a Rotundus afirmou que eles estão desenvolvendo futuros GroundBot que incluem o reconhecimento de objetos e elaboração de relatórios.

O GroundBot está em fase de testes pela Forças de Defesa da Suécia, se bem sucedida, ele poderá ser usado em aeroportos e outros locais que precisem de vigilância. A Rotundus afirma que ele também poderia ser usado no mapeamento urbano, exploração de terras e para operações pós-desastre de busca e salvamento, ela inclusive já foi usada em jogos de futebol, confira aqui.

Robô de Lego pode fazer panquecas no formato que você quiser

Robô de Lego pode fazer panquecas no formato que você quiser
Robô de Lego que faz panquecas
Huuuuummmmmmmm. Pronto pra passar por baixo da mesa?

Eu sempre quis ter um robô que com apenas um clique pudesse me preparar um belo café da manhã! Felizmente alguém pensou nisso e criou uma máquina de Lego que faz panqueca. E elas parecem ser deliciosas!

Você pode pré-programar a forma que você quer as suas panquecas e com apenas um clique o robô começa a prepará-la.

Esse robô de lego só sabe fazer panqueca, ele é na verdade um robô de 3 eixos de CNC que faz uso de coordenadas para saber pra aonde ir para então poder formar um formato que você decidir. Veja o vídeo abaixo para ver o robô em ação:

Infelizmente esse robô não está sendo vendido comercialmente. Mas caso você queria fazer um robô desses a todo o custo, você pode seguir o passo a passo do criador desse robô(nem parece tão difícil), com uma dedicação você será capaz de fazer uma dessas. Bom apetite!