Grana – O gerenciador financeiro mais prático que você já viu

Grana – O gerenciador financeiro mais prático que você já viu

Grana - O gerenciador financeiro mais prático que você já viu

De primeira o Grana pode parecer só mais um aplicativo de gestão financeira. Mas ele não é só um rostinho bonito! A interface inteira é muito objetiva e simples, facilitando o seu uso. Em outras palavras, chega daqueles aplicativos financeiros cheios de rodeios e campos irrelevantes que precisam ser preenchidos.

Além de facilitar bastante a inserção de despesas ou receitas, o Grana também permite que você adicione notas e selecione uma categoria para cada transação. Isso possibilita que você tenha uma visão mais abrangente pra onde seu dinheiro realmente está indo.

Principais funcionalidades:

  • Compras Parceladas
  • Transações Recorrentes
  • Gráfico com gastos e receitas
  • Leitura de SMSs de bancos (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú, Santander)

O mais bacana do Grana é que ele não pede a sua senha do banco e nem invade as suas privacidades referente ao seus gastos financeiros. Tudo que ele faz é ler o SMS que o seu banco envia e adiciona no aplicativo automaticamente. O que deixa o processo “semi-automático” e seguro. Ele também permite que você adicione transações recorrentes diárias, semanais, mensais e anuais. Assim como compras parceladas, que nada mais é do que a própria transação recorrente.

Visualizar os gráficos no GranaAdicioanr despesa ou receita no grana

A equipe do Grana está em constante contato com os seus usuários através de uma comunidade no Google+. Além disso, eles também possuem um blog com vários tutoriais de como usar o aplicativo e dica  s financeiras.

Você pode baixar o Grana para Android. A versão para iOS sairá em breve.

Como criar um feed RSS para qualquer página do Facebook

Cada página do Facebook costumava ter um feed RSS. Com um feed você pode permitir que outras pessoas vejam o conteúdo da sua página através de um leitor de RSS, como o Google Reader por exemplo. Você pode incorporá-lo de vários formas diferentes. A única coisa é que como o Facebook não autoriza isso mais, você precisa usar um outro site que criar esse feed pra você.

É mais simples que respirar, basta inserir a URL da sua fan page ou até mesmo perfil do Facebook nesse site: http://simplepie.org/demo/

Use a foto do seu perfil e de amigos como emoticon no chat do Facebook

Use a foto do seu perfil e de amigos como emoticon no chat do Facebook

Você já deve saber que é possível usar os famosos Memes como emoticon no chat do Facebook, se não sabe veja aqui. No entanto, recentemente foi descoberto uma função muito parecida que permite que você use a foto do seu perfil.

Chat do Facebook emoticon com perfil
Exemplo na prática

Diferente do que acontece com os emoticons dos memes, você tem que colocar o final da URL dentro duas chaves ao invés de uma. Por exemplo, a minha URL do Facebook é http://www.facebook.com/almeidamarcell, então eu só preciso colocar o seguinte no chat do Facebook: [[almeidamarcell]]. Caso seu amigo ou até mesmo você não tenha um usuário, basta colocar os números que estão no final da URL. Exemplo essa usuária http://www.facebook.com/profile.php?id=1337602291 precisa colocar o código [[1337602291]] para que a foto do perfil apareça no chat.

Eu achei muito interessante essas novas possibilidades que o Facebook deu pro chat, pelo menos não vai ficar algo horrível como o MSN se eles continuarem fazendo isso sem permitir que o usuário personalize os emoticons.

Faça backup das suas abas no Chrome usando o ZipTabs

Faça backup das suas abas no Chrome usando o ZipTabs

Ziptabs

Eu não sei você, mas eu sou conhecido por ter uma quantidade excessiva de abas abertas no meu navegador. Na verdade, eu costumo ter várias janelas com um monte de abas abertas aonde cada janela é correspondente a um determinado assunto. Alguns deles são artigos que eu estou pesquisando, enquanto outros podem ser coisas que eu estou deixando para ler mais tarde.

Então o que acontece quando você quer salvar todos as abas para ver mais tarde? Você poderia marcar fechar tudo de uma vez e mandar o Chrome abrir as últimas abas ou restaurar ou você poderia usar o ZipTabs para salvá-los em um arquivo .zip conveniente.

Essa extensão é gratuita para o Chrome, com ela você pode salvar uma cópia de todas as janelas e abas abertas no momento (ou escolher qual quer salvar), todas as imagens e outros componentes da página também serão salvos. Isto permitirá que você possa abrir as páginas no mesmo computador, colocá-las em um pendrive para ver em outro computador ou até mesmo enviar para um colega por e-mail.

Baixa aqui o ZipTabs, e aqui o SingleFile Core(ele precisa desse último para funcionar).

Como filtrar e bloquear todo conteúdo sobre BBB no Twitter e Facebook

Como filtrar e bloquear todo conteúdo sobre BBB no Twitter e Facebook

Bloquear BBB

Esse post é especialmente para os “pseudo-intelectuais” que odeiam BBB e ao invés de ficar dando piti em todas as redes sociais podem simplesmente usar um script pra filtrar e esconder todo esse tipo de conteúdo.

Obviamente criado por um brasileiro hater e muito desocupado, chamado Luís Cesar Coimbra, essa ferramenta deve ajudar a deixar muita gente menos frustrada. Para usar o script você precisa ter o Google Chrome – ainda não existe versão para o Firefox. Com o No BBB você não vai ver textos publicados por seus amigos relacionados ao Big Brother, todos serão bloqueados do seu feed de notícias, mas caso tenha interesse você ainda poderá ve-los clicando neles.

Clique aqui para baixar. No entanto, saiba que há quem diga que usar a extensão do Chrome pra ocultar textos do BBB é tipo sair com os amigos e colocar fones de ouvido, tornando você o babaca. Mas se você discorda, baixe já o script.

Atualização 15:20 | O plugin provavelmente não suporta Google+ porque só intelectual usa e ninguém curte BBB por lá. É o que dizem as más línguas.

Click.to: “o verdadeiro copiar e colar”

Click.to: “o verdadeiro copiar e colar”

Click.to - O verdadeira copiar e colar

Quando você está no computador uma das funções mais utilizadas é provavelmente o copiar e colar. A maioria das pessoas já sabe o atalho (CTRL+ C e CTRL + V no Windows) mas ainda existem aqueles que usam o botão esquerdo para abrir o menu de opções, depois clicam com o botão direito em copiar então repetem o processo só que clicam com botão em direito colar, isso é um processo cansativo(só de descreve-lo cansa). Pensando nisso, surgiu uma Startup chamada Click.to aonde eles acreditam que descobriram uma maneira mais eficiente de copiar e colar.

O que Click.to é um aplicativo que aparece toda vez que você pressionar copiar em um texto ou imagem seja através de um atalho ou pelo botão direito. Ele permite que você selecione qual aplicativo/serviço você gostaria de colar o texto e imagem copiada. Por exemplo, você está lendo um artigo de um restaurante e você quer saber onde ele está. Você pode copiar o nome do restaurante, abrir o navegador web, carregar o Google Maps e cole o nome na caixa de pesquisa. Mas com Click.to é um processo muito mais rápido, você só precisa copiar o nome do restaurante e selecionar o Google Maps no menu pop-up e pronto.

Eu baixei o app para testar e tenho que dizer que fiquei bastante impressionado. Ele definitivamente poupa muito tempo quando você está copiando texto e colando em serviços web como (Twitter, Facebook, Google Search, Translate, Mapas etc). Ele não funcionou bem na hora de publicar imagens no Twitter e Facebook, mas esse problema deve ser corrigido nas próximas atualizações. O aplicativo é gratuito e merece uma chance, em um boas mãos pode acelerar a produtividade de qualquer pessoa.

O Click.to funciona em Mac OS e Windows, ao longo dos próximos meses ele estará disponível para Android e iOS. Acesse o site do Click.to para baixar o aplicativo. http://www.clicktoapp.com/

Explicações e lições de como não deixar seu site offline com o Cloud Flare

Explicações e lições de como não deixar seu site offline com o Cloud Flare

Esse post era pra ter saído em novembro, mas por motivos de força maior(preguiça) ele atrasou um pouco.

Bom, você deve ter notado que durante uma semana de novembro o GB ficou muito instável e várias vezes fora do ar. Tiramos disso uma ótima lição e gostaríamos de compartilhar, pois ela pode acontecer com qualquer pessoa que tem site ou blog e usa o serviço do CloudFlare.

Cloudflare

O primeiro erro que apareceu no site foi “Bandwidth Limit Exceeded” e prontamente entramos em contato com o nossa hospedagem para saber o que tinha acontecido, porque de acordo com o Cpanel, não tinhamos estourado o limite de tráfego. O suporte rapidamente nos atendeu avisando que o problema não era lá e sim provavelmente no CloudFlare ou no cache deles, sendo assim, limpamos o cache do CloudFlare. Mas nada aconteceu e o site continuava fora do ar.

 A explicação pode parecer complicada, mas se você ler com atenção vai perceber que não é. No entanto, antes de começar, confesso que não iria conseguir sem a ajuda do pessoal da Via Hospedagem. Acontece que até então o GB estava hospedado em um servidor que devido a problemas técnicos precisou ser trocado, e eu fui avisado uma semana antes da troca. A Via Hospedagem me enviou um e-mail avisando que isso iria acontecer na madrugada de sábado pra domingo e que não iria acontecer nenhum downtime, ou seja, o site não ficaria fora do ar ou nem teria qualquer problema de acesso.

Acontece que na mudança de servidor, obviamente, o endereço do foi alterado de IP 96.31.91.98 para 174.142.68.213.  Afinal, quando se troca o server geralmente se troca o IP. O problema é que nós não tínhamos nos dado conta disso e o IP no CloudFlare permaneceu do servidor antigo, ou seja, ele estava apontando pra um servidor com defeito no qual mostrava que o site estava offline.

Pra resolver isso mudamos o DNS pro da Via Hospedagem, deixando o Cloud Flare de lado no primeiro momento. Depois da propagação o site voltou, mas ainda estamos sem o Cloud Flare e nem sabemos se vamos voltar a usá-lo depois de tanta confusão.

Então fica ai a dica, caso seu site fique derrepente offline e  você usa o Cloud Flare, verifique se o IP do seu servidor não mudou. Se você não sabe como verificar isso, pergunte ao suporte do seu servidor de hospedagem.