Larry Page é Deus?
Google

Serviço de avaliação de restaurantes custou 151 milhões de dólares ao Google

O Google disponibilizou os números de quanto pagou por duas das suas compras mais recentes. As duas aquisições são a compra do Zagat Survey e do Daily Deals. De acordo com os números revelados pela empresa, a compra do Zagat custou ao Google US$ 151 milhões. Isso é muito dinheiro para um serviço que avalia restaurantes, o Zagat é um dos melhores serviços de avaliação de restaurantes nos EUA, mas será que ele vale tudo isso?. A justificativa do Google é que ele planeja integrar os dados em seus resultados do Google Maps.

Com os detalhes oferecidos pelo Zagat, o usuário do Google Maps poderá encontrar lugares para comer durante a viagem e ver as opiniões que constam na direita junto com os detalhes do mapa. O Google também comprou o Daly Deals, que anteriormente era uma empresa privada e é um serviço de ofertas diárias como o próprio nome já diz, essa compra custou US$114 milhões. Essas são apenas duas das compras que o Google fez em 2011. Até agora, a empresa gastou 1,44 bilhões de dólares em aquisições em 2011.

Zagat Review de Restaurantes

O Bloomberg relata que até o momento o Google fez 57 aquisições e compras de outros ativos em 2011. A maior aquisição até agora foi a ITA Software que custou 676 milhões de dólares em dinheiro(isso mesmo, em dinheiro). A compra da Motorola Mobility irá a ganhar esse posto quando a aquisição for completada com um custo de US$ 12,5 bilhões. No entanto, parece que para os investidores o Google fez muito bem em comprar todas esas empresas, pois o preço das ações subiram 3,15 cents hoje. Mas as ações caíram 1,3% este ano.

Bom, eu imagino que o Google considere qualquer tipo dado valioso, mas eu não sabia que estavam pagando tão bem por dados, fica ai a dica pra quem quer ficar milionário.

Standard
Google

Conheça a nova interface do Gmail

Não faz muito tempo desde que os desenvolvedores do Google liberaram uma nova versão do Gmail para os usuários e ao que parece eles já estão quase prontos para lançar uma nova. A informação vem do blog Google Operating System que conseguiu capturar um novo video que foi enviado para o canal do Google no YouTube, supostamente por engano, antes que ele fosse deletado mostrando a nova interface.

Agora a própria página do Google oferece mais opções de customizações em relação ao seu visual, o que é muito bom, e se adequam, automaticamente, a resolução da aba em que o usuário estiver usando o Gmail. O tamanho dos itens de email nas pastas também foi aumentado, o que era uma crítica de muitas pessoas em relação a atual interface, aquelas longas listas de conversação em emails, as threads, agora também estão bem mais organizadas. O que já era bom ficou ainda melhor, é melhor vocês mesmo verem o suposto video que vazou:

Ainda não sabemos quando essa nova interface vai ser lançada, mas espero que não demore muito. Acredito que seja algo para 2012.

Fonte: Google Operating System

Standard
google-shoppig-brasil-2
Brasil, Google

Google Shopping finalmente chega no Brasil

O Google anunciou recentemente que o Google Shopping já está disponível para os brasileiros. Ele é basicamente um agregador de produto, tais como o Buscapé que acabaram ganhando um mercado muito grande nesses últimos anos, dando aos consumidores a capacidade de comparar preços de produtos através de uma gama imensa de lojas de varejo online. Mas o Google, como sempre, tem como objetivo fazer essa experiência ainda melhor.

Com características de classificar e filtrar a busca(o Buscapé também tem isso) o Google acredita que vai deixar a tarefa de encontrar produtos específicos bem mais fácil. A maioria das lojas de comércio eletrônico já devem se inscrever para o serviço certificar que seus produtos sejam listados nos resultados.

Google Shopping Brasil iPad

Eu decidi dar uma olhada rápida na nova ferramenta.

Digitei “iPad” e ele mostrou vários modelos diferentes como resultado, mas nenhum deles estava classificado em mais de 10 lojas, mas isso não é problema já que o serviço foi lançado em menos de 24 horas. no entanto, eu não vi nada de novo quando comparado ao Buscapé, inclusive o estilo de busca é idêntico e o Buscapé, afinal, ele usa os algoritmos do Google.

Porém, mais do que nunca, as lojas de varejo vão ter que afiar os lápis para ganhar mais consumidores através do Google Shopping, assim como o Buscapé e outros serviços semelhantes como Bondfaro e Shopping UOL vão precisar começar a se mexer e oferecer algum diferencial.

Segundo Lucia Tahara Le Menn, a gerente de parcerias estratégicas para varejo do Google, a base do serviço no Brasil já possui mais de 1 bilhão de itens e já conta com grandes nomes de lojas de varejo brasileiras, como Ponto Frio, Walmart, Casas Bahia e Carrefour.

Via: Gemind

Standard
Novo Google Docs Powerpoint
Google

Com o novo Google Docs permitindo apresentações, por que usar o PowerPoint e/ou Keynote?

Novo Google Docs Powerpoint

Google Docs apresentaçãoO Google acaba de anunciar uma nova função para o Google Docs dando um pontapé no software caro que é o Microsoft Office, esse novo recurso serve para fazer apresentações. Agora você pode criar e editar os Slideshows no Google Docs ao vivo e em tempo real com uma equipe. Ele permite a visualização de histórico de modo que qualquer membro da equipe possa voltar e ver quais foram as alterações feitas por outros. A atualização também oferece chat ao vivo ao lado das ferramentas de edição. Idêntico aos outros serviços oferecidos no Google Docs.

Além dos recursos de colaboração, o Google adicionou novas transições, animações e temas, semelhantes as que estavam no PowerPoint durante anos. No entanto, os novos recursos só são suportados em navegadores modernos, pois o Google tira proveito do HTML 5

Google Docs apresentação

Esse recurso é o mais recente produto do Google Docs para permitir a colaboração ao vivo, isso faz parte de um conjunto delançamentos de atualizações que começou mais de um ano atrás, com base na edição cooperativa. O Google Plus tem aberto todos os tipos de novas formas potenciais de colaboração. Hangouts, o grupo de bate-papo de vídeo no Plus, integração ao vivo no Docs e muito mais.

A integração de todos estes serviços do Google em uma única plataforma de colaboração contínua ainda está um pouco distante dos softwares como Keynote e Microsoft Office com Word, Powerpoint e Excel. Mas a equipe mantém o Docs adicionando uma série de recursos, fazendo com que os produtos da Microsoft ficarem cada vez menos interessantes. No entanto, talvez a Microsoft saiba administrar isso e fazer algo parecido com o Office integrado na nuvem.

Veja maiores informações no blog do Google Docs

Standard
RIP Google Buzz
Google

Google anuncia a morte do Google Buzz para focar no Google+. Além de anunciar morte do Jaiku e Code Search

RIP Google Buzz

Sepultura do Google Buzz

Google está fechando o Google Buzz(você lembrava dele?) para se concentrar no Google+, a empresa anunciou isso algumas horas atrás através do seu blog oficial.

“Em poucas semanas vamos desligar Google Buzz e a sua API, para nos concentrarmos no Google+”, disse Bradley Horowitz, vice-presidente de produtos do Google, no post escrito no blog oficial do Google. “As pessoas obviamente não serão capazes de criar novos posts depois disso, elas serão capazes de ver o seu conteúdo já existente em seu perfil do Google, e fazer o download do mesmo usando o Google Takeout.”

Além disso, o Google também está fechando outros serviços, o Code Search é um deles e vai ser fechado no dia 15 de janeiro, além do Jaiku – um serviço parecido com Twitter – que também será interrompido na mesma data junto com as características sociais do iGoogle. Conforme anunciado anteriormente, o Google Labs também será desligado.

Lançado em Fevereiro de 2010, o Google Buzz foi inicialmente visto como uma ameaça ao Twitter e Facebook, mas nunca fez jus ao que prometia, tornando-se um dos maiores fiáscos do ano.

Standard
predio-nuvem
Google, Microsoft

Servidores na nuvem da Microsoft são mais rápidos que os da Amazon e do Google

A Compuware fez um teste nos serviços na nuvem prestados pelas três maiores empresas, Google, Amazon e Microsoft. O teste durou um ano e a empresa concluiu que a Microsoft tem o servidor mais rápido, é isso mesmo, a Microsoft.

Embora a plataforma na nuvem da Microsoft ainda seja bastante jovem, ela se saiu muito bem contra a concorrência. Na verdade, o Azure provou ser o serviço mais rápido nos últimos 12 meses.

Servidores na nuvem

Para o teste, eles criam uma conta falsa de um site de vendas e empregaram os serviços de cada uma das empresas como se fosse uma loja de verdade. Os resultados foram os seguintes: o Azure da Microsoft teve um tempo de resposta média de 6.07ms(um pouco mais que 6 segundos), superando o Google App Engine que ficou em segundo lugar com quase meio segundo a mais. Isso pode não parecer muito, mas quando você está falando de milhões de carregamentos de página por dia os milissegundos adicionais somam e fazem uma grande diferença.

O serviço EC2 da Amazon ficou bem atrás tanto do Azure quanto do Google App Engine, com tempo médio de 7,20 segundos no seu servidor de Virgínia, e pior ainda no servidor da California, que teve um tempo médio de 8,2 segundos.

Se você acredita que esse teste não importa para pessoas de fora da comunidade de TI, saiba que você está enganado. Em um futuro não muito distante, o Azure vai fazer a diferença para os usuários finais, pois o Windows 8 terá uma integração muito grande com a nuvem. Mas não é só isso, a tendência é que em breve tudo esteja armazenado na nuvem, ou seja, vamos depender da velocidade desses servidores e nos deveríamos nos preocupar com isso.

Via: Arts Technica

Standard
Samsung Android
Android, Google, Samsung

Samsung e Google adiam o lançamento do Ice Cream Sandwich e Galaxy Nexus(Nexus Prime) [ATUALIZADO] A data é marcada

Samsung Android

Você provavelmente vai ficar um pouco desapontado, mas a Samsung e o Google decidiram não lançar o Nexus Galaxy (ou Nexus Prime, ou seja lá qual for seu nome) e o Ice Cream Sandwich no dia 11 de outubro, as duas empresas enviaram um comunicado adiando o evento, veja abaixo:

“Samsung e Google decidiram adiar o anúncio do novo produto na CTIA. Concordamos que simplesmente não é o momento certo para anunciar um novo produto. A nova data e o novo local serão informados em breve.”

O evento para a imprensa no dia 11 era esperado para ser não só o lançamento do sucessor do Nexus S, mas também a primeira vez que o Google estaria divulgando a próxima versão do Android. Por alguma razão as empresas decidiram adiar o lançamento. Mas, se Eric Schmidt for fiel à sua palavra, não devemos esperar muito mais tempo … ele nos prometeu que iria lançar o Ice Cream Sandwich até novembro.

O motivo ninguém sabe, nem a Samsung ou o Google quiseram comentar sobre. Alguns acreditam que foi por causa do falecimento de Steve Jobs, pois isso pode abafar as atenções que o Google quer. Já outros acreditam que pode ser por causa de problemas de segurança e que o Google quer ter certeza antes de lançar algo tão grande no mercado. Bom, só nos resta esperar..

Atualização 10/10/11 às 18:27 | O site Phandroid diz que possui uma fonte altamente confiável no qual foi possível inclusive confirmar a legitimidade da informação de que o evento que vai lançar o Nexus Prime foi marcado para o dia 3 de novembro.

De acordo com essa fonte, o dispositivo estará disponível dias depois do anúncio. Nesse meio tempo, vamos estar babando em cima de toda e qualquer informação que conseguirmos obter sobre o Ice Cream Sandwich e Nexus Prime.

Standard